sexta-feira, 3 de julho de 2015

Barbárie: a descoberta dos arquivos do terror na Guatemala

Arquivos da Polícia Nacional. Foto: Daniel Hernández Salazar
Há dez anos, no dia 5 de julho de 2005, foram encontradas mais de 80 milhões de páginas com assassinatos e desaparecimentos de oposicionistas. Desde a derrubada do governo democrático de Jacobo Árbenz pela CIA, em 1954, mais de 250 mil pessoas morreram.
Leonardo Wexell Severo